Destaque

Informe sobre Parceria de Benefícios da Asminc

        A Asminc, em parceria com a empresa de consultoria em planos de benefícios para os associados, vem informar sobre Planos de saúde, Plano odontológico e Seguro de pessoas, no que se refere à parceria firmada para atender ao servidor associado das carreiras do Ministério da Cultura e vinculadas, como segue:

  1. PLANO DE SAÚDE CNU-UNIMED

Ativos e dependentes diretos

  • Administradora Benevix
  • Plano Nacional, hospitalar, com coparticipação
  • Condições de carência para Agosto, sem carências, exceto parto e DLP.
  1. PLANO DE SAÚDE CEAM REDE GAMA

Ativos e dependentes diretos

  • Administradora Easy Plan
  • Plano Nacional, hospitalar sem coparticipação
  • Condições de carência, reduzida.
  1. PLANO DE SAÚDE SMILE

  • Ativos e dependentes diretos
  • Administradora Easy Plan
  • Plano Regional, hospitalar com e sem coparticipação
  • Condições de carência, normal.
  1. MED SÊNIOR

  • Ativos, inativos, aposentados, pensionistas e agregados.
  • Plano Regional ou Grupo de Estados (DF/RJ/ES/RS/PR/MG e SP), a partir de 49 anos
  • Hospitalar sem coparticipação
  • Condições de carências, sem carências ou reduzida sob análise.

PLANO ODONTOLÓGICO ( a ser contratado em breve)

  • Plano Nacional, sem coparticipação, Rol ANS Estendido
  • Condições de carência, sem carências em Agosto e Setembro.
  • Valor per capta 15,00 titular ou dependente.

Informamos que todas as tratativas ocorrem por meio da empresa parceira, ou seja, adesão nova, inclusão de dependentes, migração de plano, e relacionamento com o associado posterior à adesão para qualquer tratativa relacionada ao plano aderido.

A empresa possui canais de atendimento que facilitam, ou resolvem a intermediação com os prestadores.

Procure os canais de atendimento de suporte ao associado (Empresa parceira: BConsult Benefícios)

Informação sobre planos, cotação, Adesão, Migração e inclusão de dependentes:

Maria: 61-991886996

Wanessa Araújo: 61-98125.9248/ 61-98155.0535

Lissandra Darle: 61-98135.9190

Informação sobre segunda via de boletos, caso não consiga nos canais ou no sistema da administradora:

Maria: 61-99188.6996

Informação sobre acessos, caso não consiga nos canais ou no sistema da administradora:

Maria: 61-99188.6996

Informação sobre autorização, caso haja negativa pelo sistema ou outra circunstância:

Procurar a unidade de Brasília pessoalmente ou,
Maria: 61-99188.6996 para suporte de relacionamento

Outros assuntos e informações:
Maria: 61-99188.6996
Email: corporativo@bconsultbeneficios.com

Pela permanência no Iphan dos empregados públicos cedidos pela Infraero

Divulgamos para conhecimento recente manifestação do Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro, direcionada à Ministra da Cultura e ao Presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em que é solicitada a permanência no IPHAN dos empregados públicos cedidos pela Infraero e colocada a preocupação quanto ao funcionamento do órgão responsável pela política de preservação do patrimônio cultural brasileiro.

Leia a carta clicando aqui.

 

Servidores da cultura encerram o mês de maio com reuniões e assembleias sobre os rumos para a categoria

Nos últimos dias, os servidores federais da cultura vêm se encontrando para discutir questões ligadas à situação atual do trabalho no setor público da cultura. A ASMINC preparou um resumo das reuniões e assembleias ocorridas, no intuito de que seus associados também participem das próximas oportunidades de debate e deliberação.

  • Assembleia Geral Ordinária da ASMINC no dia 04/05/2023: foi apresentado o diagnóstico sobre O que é necessário para o trabalho dos servidores da cultura, resultado de consulta online que abrangeu 274 servidores das diferentes instituições do setor. Foi decidido o envio do diagnóstico para a Ministra da Cultura, entre outros encaminhamentos (acesse a ata).
  • Pedido de reunião com a Ministra da Cultura e o Fórum das Associações de Servidores da Cultura no dia 16/05: os presidentes da ASMINC, ASPAC e CASA, ASBN e ASSERTE, com o acompanhamento da representante do DEC/Condsef, trataram da oportunidade de envio do diagnóstico da ASMINC para a Ministra da Cultura, decidindo por solicitar uma reunião conjunta cuja pauta sejam melhorias para os servidores do Sistema MinC. A Secretaria Executiva do MinC agendou a reunião para o dia 19/06/2023.
  • Reunião da ASMINC com o presidente do Iphan no dia 23/05: A pauta sugerida pela Representação Setorial dos Servidores do Iphan na ASMINC foi recebida pelo presidente Leandro Grass em reunião ocorrida em Brasília. Os representantes da Diretoria e do colegiado setorial entregaram o diagnóstico para o presidente Grass, destacando que o momento exige um investimento estratégico na gestão de pessoas das instituições de cultura, com ênfase em uma comunicação mais clara e ágil junto aos servidores (acesse a memória da reunião).
  • Assembleias dos sindicatos estaduais: Com o objetivo de preparar os delegados e questões a serem levadas para o Encontro Nacional Extraordinário do Departamento de Educação e Cultura, a ser promovido pela CONDSEF no próximo dia 27/05, em formato virtual (online). Estão sendo convocadas assembleias em cada estado, onde estão sendo eleitos delegados e observadores.
    O SINDSEP-DF esteve reunido com servidores do MinC, IPHAN, IBRAM, FCP e outras vinculadas nos dias 23, 24 e 25/05. Na ocasião falou-se sobre as conquistas dos servidores  até o presente momento e foram expostos os principais pontos relativos à campanha salarial 2023/2024.  A aprovação do Arcabouço Fiscal também foi abordada, ressaltando-se os impedimentos advindos da aprovação do mesmo, que inviabilizarão as demandas dos servidores públicos federais por planos de carreira, aumento salarial, entre outras reivindicações. Por esta razão, foi colocada a importância e necessidade de mobilização dos servidores públicos frente ao assunto. Por fim, apresentaram-se os voluntários a participarem como delegados  do MinC e vinculadas no Encontro Nacional do DEC.
  • Encontro Nacional Extraordinário do Departamento de Educação e Cultura/ CONDSEF 2023
    Agendado para a manhã do dia 27/05/2023 (sábado), o encontro online reunirá os servidores federais da cultura em torno das questões mais relevantes no cenário atual:
    estratégias de mobilização em relação ao contexto da política fiscal e das tendências do governo para carreiras e salários.

Participem clicando aqui

Fórum de Associações de Servidores da Cultura enviou ontem, à Ministra Margareth Menezes, diagnóstico sobre as condições de trabalho no setor 

A ASMINC produziu, entre março e abril de 2023, um diagnóstico a partir de uma consulta dirigida aos servidores das instituições federais da cultura. Como resultado, obteve informações e dados sobre o que é considerado pelos servidores como necessário para a infraestrutura de trabalho e para as estruturas remuneratória e não remuneratória dentro das instituições em que atuam. Foi uma iniciativa para identificar quais são os aspectos relevantes para a motivação e satisfação desses trabalhadores em continuar no setor público da cultura. (acesse o diagnóstico).

No ofício enviado ao MinC (acesse o ofício), os representantes das associações que integram o Fórum da Cultura também solicitaram uma reunião com a Ministra Margareth Menezes para abordar mais detalhadamente as questões relevantes para melhorias e perspectivas de permanência dos servidores nos quadros da cultura (Nº do processo Sei 01400.007871/2023-17).

A Representação Setorial dos Servidores do Iphan na ASMINC também aproveitou a oportunidade para encaminhar o mesmo diagnóstico para o Presidente do Iphan, Leandro Grass, e solicitar uma reunião para tratar de questões específicas dos trabalhadores da Autarquia. (acesse a solicitação)

Cultura, Trabalho e o 1º de Maio    

Com a colaboração de Marta Kummer
Servidora da Cultura (RJ)

 

Está chegando o Dia das Trabalhadoras e Trabalhadores, ou o Dia do Trabalho, uma data celebrada na maioria dos países do mundo com múltiplas e diversas matrizes culturais. O trabalho, como resultado da cultura, é a expressão de um povo e deve ser manifestação de sintonia entre a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento socioeconômico, em suas diversas maneiras de aproveitar e transformar os recursos existentes. 

Trabalho para viver e para fruir!

A labuta do fazer e se dignificar com o resultado de sua própria ação é o trabalho da artista e do artista, realizadores e conhecedores do saber que expande a própria imaginação e a forma de agir no mundo, oferecendo seus produtos e serviços para a fruição da sociedade. A população consome e frui a música, os espetáculos, o artesanato, a literatura, as exposições, os filmes e toda a multiplicidade de obras do fazer cultural. Quanto mais as frui tanto mais as consome, um ciclo que alimenta as novas produções, os novos produtos e serviços. É um ciclo virtuoso de abundância, uma conta que faz bem. 

Celebremos o trabalho e as vantagens positivas do trabalho na cultura, mobilização interna de ser o que somos, das expressões plurais da cultura que nos constituem e se manifestam por meio da criatividade, da ousadia, da liberdade e, no fim das contas, da nossa capacidade de existir e viver junto.

E, nós, como servidores do Ministério da Cultura e das instituições vinculadas nas áreas da arte, patrimônio, pesquisa, audiovisual, memória e museus, trabalhamos para que obras, serviços e produtos da cultura sejam criados, circulem e sejam presença viva, cada vez mais, para o povo brasileiro e para o mundo. Chegamos inteiros a 2023 e trabalhando para melhorar as condições de trabalho e remuneração, recomeçando diariamente, reacendendo novos ânimos, e recriando o que recebemos daqueles que fizeram antes de nós.

Trabalho para fruir, trabalho para viver!

 

Diretoria da ASMINC se reúne com o Presidente do Iphan Leandro Grass

Ontem, 12/01, a Diretoria da ASMINC foi representada pela presidente Juliana Silva, diretora-suplente Thaís Werneck, e pelos representantes provisórios do colegiado da setorial do Iphan na ASMINC, Maíra Ribeiro e Thiago Trindade, na reunião com o Presidente do Iphan Leandro Grass. Informamos sobre o papel da ASMINC na representação dos servidores federais da cultura e sobre a necessidade de que os novos dirigentes das instituições do setor da cultura possam recuperar a transparência e fortalecer a comunicação organizacional, considerando o descaso, a censura e as omissões promovidas pela última gestão do setor. Entregamos em mãos os seguintes documentos: Diagnóstico sobre as Condições de Trabalho no Iphan (elaborado em 2022 pela Representação Setorial do Iphan na ASMINC), Apontamentos dos Servidores da Cultura/Fórum da Cultura para o Grupo de Transição de Governo (dez 2022), Pautas específicas dos Servidores do Iphan (dentro do documento do Fórum da Cultura). Contextualizamos cada documento, ressaltando os problemas relatados pelos servidores associados em algumas unidades do Iphan, bem como a necessidade de que a nova gestão do Iphan fomente o diálogo e a participação dos servidores em relação aos processos de reconstrução das políticas de preservação do patrimônio cultural.

 

Nesse sentido, salientamos que o 5º tópico da Carta do Fórum da Cultura sobre a Implementação de uma efetiva política de gestão de pessoas na cultura seja enfatizado no Iphan, de modo participativo, por se tratar de melhoria na vida funcional, envolvendo o Programa de Gestão e Desempenho-PGD, a formulação de um plano de carreiras dos cargos da cultura, entre outros assuntos. O presidente Grass explicou que seu interesse é promover estratégias de escuta e diálogo com os servidores, firmando o seu compromisso com o aperfeiçoamento das relações com os trabalhadores do Iphan e de participação social em diversas instâncias do Instituto. Propôs, ao final, que os representantes da ASMINC auxiliem o gabinete com propostas de estratégias para o diálogo mais amplo dentro do Iphan sobre esses assuntos.

Scroll to Top