Servidor da Cultura

O Setor Cultural tem vivido um cenário de turbulência política. O reflexo tem sido um momento confuso e preocupante na gestão e organização do setor de cultura, levando a sérias disfunções administrativas e, consequentemente, ao enfraquecimento das políticas do setor. É essencial que a Cultura, em todas as suas dimensões, seja levar a termo através de ações e políticas com objetivos e vigorosos, sempre resguardada pelos servidores.

As diversas tentativas de desestruturação do setor, que culminaram com as várias mudanças nas instituições do setor (ainda em andamento), têm dificultado a implementação de ações e gestão das políticas públicas de cultura. Nesse momento, é fundamental o posicionamento dos servidores, pois, antes de mais nada, este tem o papel/dever de discutir e elencar as questões administrativas que levam a disfunções organizacionais que inviabilizam a eficiência e bons resultados nas ações que realizamos, e consequentemente nossos trabalhos.

Somente assim, podemos retomar a construção de uma política de estado no setor, com critérios efetivamente técnicos, através da participação e valorização dos quadros de servidores da cultura.

Assim, estaremos realizando uma assembleia conforme a convocatória abaixo.

CONVOCATÓRIA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

A AsMinC convoca a todos os seus associados, e demais interessados, para participarem da ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, conforme abaixo:

Data: 19 de Fevereiro de 2020

Horário: 10h30
Local: Edifício Sede (Espaço a confirmar – estamos aguardando a autorização para o auditório e buscando alternativas no caso de resposta negativa).

Pauta:
• Novas tratativas sobre Plano de Saúde.
• Implicações das diversas mudanças na Gestão do Setor Cultural no Governo Federal.
• Organização Nacional dos Servidores.