Notícias

A AsMinC reforça seu compromisso com a justiça e equidade social e racial, e repudia os atos de abusos e assédios praticados pelo presidente da Fundação Cultural Palmares, Sr. SERGIO CAMARGO, noticiados amplamente na imprensa e denunciados ao Ministério Público do Trabalho. Tal comportamento fere todo e qualquer princípio moral e ético necessário ao exercício como servidor e gestor público.

A entidade se solidariza com os(as) colegas e se coloca à disposição para apoio em qualquer atuação administrativa ou jurídica que se fizer necessária para combater os absurdos relatados.

A DIREÇÃO

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.