Notícias

O vandalismo golpista praticado no último dia 08 de janeiro em Brasília contra os palácios do Planalto, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal buscou, mais do que depredar suas estruturas fisicas, atentar contra a própria Democracia e o Estado de Direito. Foi um execrável exemplo de como o ataque a coisas – as edificações e seus acervos – pode atingir os valores que elas carregam e expressam.

Ao contrário disso, servidoras e servidores federais da área da Cultura vêm realizando uma ação emergencial para identificar e diagnosticar os danos e recuperar os palácios e os diversos bens de seus acervos e coleções que foram vandalizados. Mais do que nunca, a importância de profissionais do serviço público se afirma em uma luta só: a defesa do patrimônio cultural brasileiro e da democracia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.